Pr. Jorge Luiz

Jorge Luiz Silva Vieira nasceu no distrito de Alcântara, São Gonçalo – RJ em 29 de setembro 1974 na cidade de São Gonçalo – RJ, filho de Marilza da Silva Vieira e Jorge dos Santos Vieira que instruíram o mesmo na formação do seu caráter com muito zelo e honestidade, tendo em sua mãe um exemplo de “Mulher de Deus” onde o ensinou na Verdade do Evangelho o “Caminho que se deveria andar”.  A jovem Marilza quando no nascimento de seu filho Jorge Luiz encontrava-se afastada do Caminho do Senhor, mas tendo um Pai, Servo de Deus legítimo, de nome Geraldo Muniz na época Presbítero, firme e constante, da Igreja Batista de Trindade, São Gonçalo, sentiu em seu coração de apresentar o seu neto recém-nascido para que o Senhor se apoderasse dele. E Graças ao Senhor Jesus isso aconteceu, Jorge Luiz, fora apresentado no altar da Igreja Batista de Trindade em São Gonçalo em setembro de 1974 nos braços do saudoso Pastor Ismail, na época Pastor Presidente daquela Igreja.

            Em sua infância o menino, Jorge Luiz, teve o privilégio de ter sido criado em um ambiente muito sadio espiritualmente, consagrações e círculos de oração, visto agora sua mãe ser uma frequentadora assídua deste tipo de trabalho em sua igreja a Assembleia de Deus em Porto da Madama, e estar de continuo buscando a presença de Deus nestes lugares. Um destes lugares foi marcante na vida de Jorge Luiz, o Circulo de Oração da “Irmã Paula” onde todas as sextas-feiras localizado no Portão do Rosa, distrito de São Gonçalo, que estava aos cuidados da Assembleia de Deus em Porto da Madama, também distrito de São Gonçalo, lugar para ele inesquecível porque ali ele pode ver coisas sobrenaturais como: pessoas sendo batizadas pelo Espírito Santo de forma instantânea, curas divinas e milagres, desde enfermidades incuráveis serem expelidas até mesmo pessoas completamente endemoniadas serem libertas e tornando-se servos legítimos do Senhor Jesus. Conviveu ali com pessoas que marcaram a sua vida principalmente a sua vida espiritual como a própria Irmã Paula, sua Mãe na Fé, saudosa Mulher de Deus, instrumento de poder e de bênçãos para todos aqueles que chegavam até ali a sua porta precisando de uma Palavra de Deus, querida e amada, dedicadíssima ao Reino de Deus e seus propósitos; Presbítero Alcântara saudoso homem de Deus, Cheio do Espírito Santo, com uma pregação que impactava as almas e com um jeito que cativa qualquer um que pisava naquele lugar; Irmã Nete – saudosa mulher de Deus; Irmão Manoel e sua amada esposa Irmã Fortunata ambos abnegados e fervorosos servos do Senhor; Irmã Rosa e seu esposo Irmão Paulo – hoje Pastor, ambos também fervorosos e trabalhadores incansáveis daquela Equipe; e outros que ali trabalham muito a favor do Reino do Senhor Jesus. Ali ele pode ver Deus levantando a sua mamãe também na Obra de uma forma totalmente diferente, pois Deus levantou agora a Irmã Marilza, para fazer a diferença e ali em algo novo, expulsando demônios no Nome de Jesus, orando pelos enfermos e ainda tratando todos aqueles aflitos que adentravam por aquela porta com um amor desmedido. Outro trabalho de oração que também muito marcou Jorge Luiz ficava em Manilha, distrito de Itaboraí, que estava aos cuidados a Assembleia de Deus em Gradim, distrito de São Gonçalo, foi o então Circulo de Oração da “Irmã Maria Barros”, onde todas as quintas-feiras muitas ele aprendeu vendo os milagres de Deus bem de perto coisas inacreditáveis como: batismo com Espírito Santo, curas como da AIDS, a transformação sobrenatural de vidas que aparentemente seriam irrecuperáveis, ali naquele lugar Deus fez muitos milagres, “erguendo o necessitado do monturo e pondo os seus pés sobre uma Rocha”. A Irmã Maria Barros, também sua Mãe na Fé, foi outro exemplo para sua vida, mulher de Deus, de oração que estava sempre disposta independente de horário ou situação atendia as pessoas sempre com um grande e belo sorriso no rosto, viu por muitas vezes os espíritos imundos se sujeitarem aquela simples, mas fiel, honesta e desmedida serva de Deus, verdadeiramente um instrumento de poder, viu algo grande acontecer ali, hoje aquele trabalho tornou-se um campo da Assembleia de Deus onde o Senhor trouxe aos seus pés o seu querido esposo, hoje para Honra e Glória do Senhor Jesus, Pastor Roberto Barros, um homem de Deus.

            Sendo criado entre esse povo humilde, mas fiel e sincero para com Deus o resultado não seria outro diferente, com aproximadamente 8 anos de idade ainda uma criança, em uma oração dirigida pelo Pastor Francisco em Joaquim de Oliveira, distrito de Itaboraí, em um tarde de quinta-feira, Jorge Luiz, foi batizado com Espírito Santo e com Fogo, uma experiência totalmente nova, pois tudo aquilo que ele ouvia nas pregações agora estava acontecendo agora com ele próprio, e o melhor dentro dele. “Algo como uma Chama de Fogo fora acesa dentro de mim que começou a crescer, a crescer, a crescer vindo como de dentro para fora, e não tendo mais lugar para contê-la, saiu com labaredas de fogo de minha boca, um calor tão grande que parecia estar dentro de uma fornalha, ou melhor, a fornalha estava dentro de mim; e ainda os pés pareciam não estar mais no chão eu literalmente flutuava nas nuvens do Espírito Santo de Deus” disse ele.

            Decidiu verdadeiramente a seguir a Jesus em 17 de novembro 1991, domingo, quando ao ouvir uma pregação ungida do Pastor Heleno Alvares Bezerra, Pastor da Igreja Batista do Calvário em Raul Veiga, distrito de São Gonçalo; impactado por aquela Palavra ali ele viu que não teria outro Caminho a seguir, pois a sua vida fora separada por Deus para dedicar-se a sua vontade e a fazer a sua Obra. Logo após, em 05 de abril 1992 desceu as águas batismais na Assembleia de Deus em Porto da Madama, São Gonçalo, permaneceu aos cuidados de um grande líder espiritual, o saudoso Pastor Alberto Goulart da Silva, que naquela época Pastor Presidente daquela Igreja.

Mais tarde fora orientado por Deus e com a Benção do seu Pastor, Alberto Goulart da Silva, transferiu-se no ano de 1996 para a Assembleia de Deus em Jardim Nogueira, São Gonçalo, onde permaneceu por dez anos sob o cajado do saudoso Pastor Moisés Feitosa de Moura, que fora praticamente um “Pai” para Jorge Luiz; ali o Pastor Moisés usado de forma sobrenatural por Deus forjou o como Obreiro, ele fora levantado pelo Pastor Moisés Feitosa como Diácono, ainda solteiro, e veio conhecer ali a Jovem Jeovana Ferreira da Silva, onde após orar por um período de 03 meses resolveram iniciar um namoro sério vindo a contrair matrimônio em 21 de novembro de 1998, logo após algum tempo o mesmo foi consagrado ao Presbitério. O Pastor Moisés Feitosa e a Assembleia de Deus de Jardim Nogueira foram escolhidos por Deus para a preparação do agora Presbítero Jorge Luiz para algo muito grande que viria depois de alguns anos. Ali ele pôde conviver com homens de Deus que foram e ainda são referenciais de Deus em seu ministério como: o Pastor Adilson Henrique dos Santos – hoje Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Jardim Nogueira, São Gonçalo; Pastor Cláudio Gama – Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Rio Casca, Minas Gerais; e outros grandes amigos que adquiriu ali em Jardim Nogueira. Cursou no SETADJAN – Seminário Teológico daquela igreja por um período aproximado de um ano e seis meses; e ali teve a oportunidade por diversas vezes tanto dada pelo “Velho Moisés Feitosa”, que quando se referia desta forma a ele “Velho” era pelo tratamento respeitoso e carinhoso que tinha pelo mesmo, pois tinha o costume de dizer que ele era o seu “Velho Gamaliel” algo muito particular entre ele e o Pastor Moisés Feitosa; e também pelo Pastor Adilson Henrique teve a oportunidade por diversas vezes, de ministrar a Palavra, Estudos, e atuar ministrando a Palavra também e outras igrejas, sempre com a autorização prévia de seus lideres.

Em 06 de setembro de 2006, mais uma vez sobre ordem expressa do Espírito Santo de Deus e com a Benção do seu Pastor agora, Adilson Henrique dos Santos, transferiu-se para Assembleia de Deus em Porto Novo, São Gonçalo, vindo a ter inicio uma nova etapa em sua vida espiritual, agora aos cuidados dos Pastores Synézio Lopes Cardoso e Onedes Lopes Cardoso, Presidentes da Assembleia de Deus em Porto Novo (ADPN), o Presbítero Jorge Luiz convivendo e observando começa a aprender com esses “homens de Deus” algo que até então se torna novo em sua vida ministerial, a Vocação de Pastorear ou Apascentar, vê nesses homens de Deus um carinho, um zelo, e um amor desmedido naquilo que se refere ao “cuidar do rebanho de Cristo”, no que se diz respeito ao ministério de Palavra o Presbítero Jorge Luiz fora literalmente instruído e forjado pelo “Velho Pastor Moisés Feitosa de Moura”, mas agora é literalmente instruído e forjado Pastor ou Apascentador pelos “Pastores Synézio e Onedes” que agora chamada de seus “Gamalieis”. Durante cerca de 05 anos aproximadamente permaneceu aos cuidados dos seus Pastores e atuando no ministério da ADPN participando de reuniões, conselhos e assessorando os seus Pastores no aconselhamento em gabinetes quando solicitados pelos mesmos, e como Secretário Adjunto da Presidência da ADPN.  No em julho de 2010 fora ordenado a Evangelista por indicação do Pastor Synézio pela CONFRADERJ – Convenção Fraternal das Assembleias de Deus do Estado do Rio de Janeiro, vindo assumir em janeiro de 2011 a coordenadoria da UMADEPON – União de Mocidade da Assembleia de Deus em Porto Novo, juntamente com o Diácono Gerciel Cardoso Teles de Souza onde fora realizado um Pré-congresso em julho e em setembro do mesmo ano um grande Congresso. Deus derramou nestes eventos algo sobrenatural e tremendo sobre a sua igreja, batismo com Espírito Santo, renovação espiritual e salvação de almas, algo de caráter sobre-humano Deus enviou sobre toda a Juventude da ADPN, “Chamados para Vencer” algo extraordinário vindo a marcar os corações da Mocidade do campo.

No dia 02 de julho de 2011 os Pastores: Synézio Lopes Cardoso e Onedes Lopes Cardoso jubilaram vindos a entregar a presidência da ADPN, ao agora Pastor Jorge Luiz Silva Vieira, que após diversas assembleias gerais e de forma eletiva assumiu de forma definitiva a presidência do campo da ADPN juntamente com o Pastor Agualberto Barbosa Filho (vice-presidente) hoje os atuais Pastores estão dando prosseguimento aos projetos com a mesma visão séria de crescimento, tanto do Reino de Deus quanto ao compromisso com a sua Santa Palavra. Em julho de 2013 a ADPORTONOVO completou 45 anos de existência, anunciando com excelência o Evangelho de Cristo!

Algo de maravilhoso vale relatar é que tanto o Pastor Synézio quanto o Pastor Onedes, hoje Pastores Presidentes de Honra da ADPN continuam membrados e atuantes na Obra do Senhor, os mesmos têm sido ajudadores de extrema importância para o crescimento da ADPN, hoje como Conselheiros da Presidência e membros natos do Conselho de Ética assessoram o Pastor Jorge Luiz naquilo que diz respeito a decisões de extrema importância para o bem estar da Obra do Senhor. Foram e estão sendo Colunas para Honra e Glória do nome do Senhor Jesus, amigos fiéis e companheiros incansáveis.

O Pastor Jorge Luiz Silva Vieira, hoje com 38 anos de idade, é casado há quase 15 anos com a abnegada serva de Deus, a irmã Jeovana Ferreira da Silva Vieira, companheira fiel, amiga e ajudadora em seu ministério, e ainda, é pai dedicado e amigo de Melissa da Silva Vieira (sua princesa) e Gabriel Luiz da Silva Vieira (seu príncipe), ambos separados para Obra do Bom Mestre antes mesmo de serem formados, presentes de Deus e paixão de sua vida. Profissionalmente é Sargento da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro – desde maio de 1997, e possui uma Ficha Disciplinar com o comportamento “Excepcional” para Glória e Honra do nome do Senhor Jesus. Cursa bacharelando em teologia na ESUSTES. Têm se dedicado a Pesquisa, Estudo da Palavra e ao Ministério de Ensino, onde nos cultos de Estudo da Palavra em sua Igreja adota um caráter inovador, ministrando o mesmo de forma dinâmica, buscando a interação com a igreja, abrindo espaços no estudo para que as dúvidas sejam sanadas no momento do próprio estudo, fazendo com que a Igreja se torne literalmente uma “Grande Sala de Aula” e a pessoa do Pastor juntamente com a membresia “um grupo de alunos” tendo o privilégio de ter o Espírito Santo de Deus como o Sumo Professor, pois crê que a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus. Os Estudos são de forma sequencial, onde em cada culto se ministre um parcela permanecendo por 2, 3 meses, ou o número de meses que forem necessários para conclusão ou o entendimento do mesmo, após o término de cada estudo publica os mesmos no site da ADPN em: http://adportonovo.com.br/estudos-biblicos-adpn/. É um obreiro com muitos sonhos para sua Igreja e um deles e poder “levar a mensagem do Evangelho de Cristo aos confins da Terra”.

Desenvolvimento e administração Ainda não tem um site?! Nós podemos te ajudar...